O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) convocou e presidiu, nesta quarta-feira (9/9), reunião técnica para discutir a situação da Fundação Casa de Rui Barbosa, uma das principais entidades culturais do Brasil, localizada em Botafogo, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro. O objetivo foi ouvir e debater sobre a importância, o estado de desmonte e a atual gestão da instituição, em meio a denúncias de perseguição, exoneração de pesquisadores de cargos de chefia e incompreensíveis movimentações de servidores.

   Na reunião, denominada ‘Fundação Casa de Rui Barbosa – Desafios, Oportunidades e Memórias’, estavam presentes a atual presidente da instituição, Letícia Dornelles; alguns dos ex-presidentes - Marta de Senna, José Almiro de Alencar e Lúcia Maria Velloso de Oliveira; os professores universitários Ana Maria Camargo e Pedro Meira Monteiro; e o advogado Técio Lins e Silva, membro do Conselho Consultivo da Casa de Rui Barbosa. Também prestigiaram a atividade a presidente da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), bem como os deputados federais Daniel Silveira (PSL-RJ), Camilo Capiberibe (PSB-AP) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

   De acordo com Calero, reuniões técnicas são uma ferramenta essencial para fiscalizar o poder público. “A principal função do parlamento, no meu entender, é a de fiscalização. Essa fiscalização se dá por diversas ferramentas, uma delas é justamente a realização de encontros como esse, em que o governo tenha a oportunidade de responder a legítimos questionamentos e inquietações que partem da sociedade civil. Acho que, inclusive, no meu mandato, nós temos sido muito cautelosos em qualquer tipo de processamento de informação, no sentido de querer ouvir o que o governo tem a dizer. Por isso, nós fazemos muitos requerimentos de informação”, afirmou o parlamentar, acrescentando que seu mandato estará sempre a favor da cultura e da democracia:

   “Acho que dessa reunião, nós saímos com alguns esclarecimentos e outras indagações. Isso faz parte dos freios e contrapesos que o estado democrático de direito estabelece. Os poderes vão-se limitando para que a gente não caia em uma tirania, para que a gente não sucumba à tentação autoritária. Nós estaremos sempre na luta, neste mandato, por um dos valores mais caros a Rui Barbosa, que é o valor do republicanismo”, concluiu.

 

   O evento foi transmitido ao vivo e pode ser encontrado no canal do Youtube da Câmara dos Deputados: https://www.youtube.com/watch?v=oJMq0Lp8yyY&feature=emb_logo

 

 

Proposta arquivada

   No início deste ano, o então Ministério da Cidadania e a Secretaria Especial da Cultura propuseram medida provisória para extinguir a Fundação Casa de Rui Barbosa. A ideia era transformá-la em Museu Casa de Rui Barbosa, que passaria a integrar a estrutura regimental do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). No entanto, a proposta foi arquivada em agosto de 2020.

Calero preside reunião virtual sobre Fundação Casa de Rui Barbosa

Objetivo foi ouvir e debater sobre a importância, o estado de desmonte e a atual gestão da instituição

09 de setembro de 2020

Logo Marcelo Calero